Produtos precocemente velhos

Atualmente, nos deparamos com um mundo consumidor globalizado, generalizado no qual a sociedade capitalista visa o consumo cada vez mais de produtos sejam eles necessários ou não para a nossa vida, estes produtos são feitos grande partes por impressas gigantescas no qual tem capital para investimentos em marketing massivo, e o domínio das artes de produção destes produtos que geralmente exigem muitos estudos e testes nestas áreas.

Obsolescência é quando bens de consumo, produtos que passam a ser ultrapassados rapidamente apesar de estarem em estado usável podem continuar a serem usados. Existem basicamente três tipos de obsolescência:

Obsolescência Programada (Planejada): neste caso é a compra de produtos que tem uma “prazo de validade” em determinados meses ele irá para de funcionar fazendo com que o consumidor adquira outro, mas pode ser de outro fabricante, não gerando lucro ao que vendo primeiro produto (não são todos os casos).

Obsolescência Funcional (Técnica): é quando uma nova tecnologia “superior” é lançada no mercado para competir com uma “inferior” exemplo o vídeo casset para o DVD, ou do disquete para o CD e depois pen drive

Obsolescência Preceptiva (Percebida): ocorre quando mesmo um produto em bom estado é substituído por um com características mais agradáveis com mudanças geralmente não muito drásticas que tendem ao consumidor comprar o produto novo que na verdade é um pequeno aprimoramento do anterior temos como exemplo os montadoras de automoveis que lançam anualmente novas “atualizações” de carros que mudam muito pouco de seu anterior outro e as desenvolvedoras de smartphones.

A obsolescência sendo ela qualquer uma das três é uma bela jogada de marketing que deu certo e boa parte das empresas adotaram-na para aumentar e perpetuar o consumo de seus produtos que são vendidos no mercado.

Mais afinal qual seria a solução para resolver este problema, primeiro não existe apenas uma ou duas vou apenas citar algumas que acho relevante. Conscientização da população desde a infância para o consumo consciente e toda esta jogada de marketing que acabamos sendo vítimas e alimentadores deste mundo capitalista. Legislação mais rígida de órgão para que obriguem estas empresas desenvolverem produtos que não se tornem obsoletos tão cedo obrigando a cumpri-la. E seria mais legal ainda se a população se “rebela-se” contra este esquema.

NÂO ESQUEÇA

Toda semana tem texto novo aqui no Laranja Texto

https://laranjatexto.wordpress.com/

 informe-se sempre aqui no Laranja Texto

Anúncios